Antonio Gilberto

Antonio Gilberto

Mestre em Teologia; Licenciado em Pedagogia e Letras; Psicólogo; Membro da Academia Evangélica de Letras; Membro da Casa de Letras Emílio Conde; Autor do livro Manual da Escola Dominical, A Escola Dominical entre outro, todos editados pela CPAD; Comentarista da Revista Lições Bíblicas para Jovens e Adultos da CPAD; Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD; Membro da junta diretora da Global University, em Springfield – Missouri/EUA.

09 Novembro 2015 In Artigos

preparo da ebdeditado“Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a lei do SENHOR e para a cumprir e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos”

A. O preparo do professor
1. O professor e sua vida espiritual: O amor do professor deve ser devotado e irrestrito ao Senhor, a quem serve (Dt 11.13). “E siga-me”, Mt 16.24 – disse Jesus a Seus discípulos. Ele não disse primeiramente “sirva-me”, mas “siga-me”. Em Lucas 15.29,30, o irmão do filho pródigo, queixoso, primeiramente disse a seu pai: “Sirvo-te há tanto tempo”. Ele não disse primeiro “Amo-te há tanto tempo”. Em 2 Timóteo 2, onde temos o perfil do bom obreiro sob diversas e variadas figuras, ele é primeiramente chamado “filho”(v.1), e no final é chamado ”servo” (V.24).

24 Julho 2015 In Artigos

evangelismo ediA apresentação da mensagem da salvação à criança deve ser descomplicada, simples, prática e sucinta, na dependência do Espírito Santo e nunca esquecendo da oração intercessória pela criança e por sua família, mesmo que esta já seja salva. O apóstolo Paulo, certamente o maior ganhador de almas de todos os tempos, faz constante menção do recurso e do valor da oração, inclusive quando várias vezes pede oração por ele mesmo nas suas epístolas.

24 Julho 2015 In Artigos

ensino no lar ediÉ da mais alta relevância o papel dos pais na educação em geral dos filhos, abrangendo uma infinidade de deveres e responsabilidades como proteção, formação, alimentação, saúde, orientação, amor e disciplina. Quando falamos em filhos, temos em vista o assunto partindo da criança pequena. A primeira e principal responsabilidade com a educação cristã da criança é a dos seus pais, com destaque na mãe. A Palavra de Deus deixa isso claro, sem jamais eximir o pai de responsabilidade nesta área. O trabalho educacional da igreja nesse sentido, como é o caso da Escola Dominical, em muito auxilia, mas jamais podem assumir a total responsabilidade da educação da criança no sentido da formação bíblico-cristã dos pequeninos. À essa altura, será muito proveitoso para todos os leitores, a partir dos pais e futuros pais, o exame reflexivo das passagens bíblicas a seguir indicadas: Deuteronômio11.18- 21; 31.12,13; Provérbios 22.6; Efésios 6.4.

24 Julho 2015 In Artigos

disciplina ediNeste artigo trataremos da disciplina da criança no lar, a partir da mais tenra idade e, como deve ser ela aplicada. Logo se vê que cabe aos pais, no ambiente do lar, a tarefa da disciplina amorosa, coerente e justa da criança. Desde os tempos do Antigo Testamento, Deus designou o lar como a escola básica de formação estrutural dos filhos. Isso é notório, principalmente em Deuteronômio. Veja as seguintes referências: 4.9; 6.4-9; 11.18-19 e 31.12-13. Escolas outras, como sistema de instrução para a criança, como temos em nossos tempos é uma instituição de poucos séculos.

Página 2 de 4

Contatos

Casa Publicadora das Assembleias de Deus

Av Brasil, 34401 - Bangu / RJ

  • (21) 2406-7373

Newsletter

Preencha os campos abaixo e receba nossas ofertas e novidades por e-mail.

Redes Sociais

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos e entre em contato.

 

facebook instagram twitter youtube google